VÍDEO TRADUZIDO: Making of Hail To The King

Veja o vídeo de Making of “Hail to the King” aqui.

fdsrf

 

Confira a tradução abaixo:

Johnny: Estamos aqui, no fim das gravações, nós temos só mais alguns dias para selar as coisas, dar fim no que deve ser feito, mas está sendo um bom processo.

Zacky: Estamos terminando de gravar as faixas, é sempre um tempo bom e animador, por que é agora que tudo está ganhando vida.
Synyster: Isso levou muito tempo, parece que demos muito mais de nós nesse disco.
Johnny: Levamos nove, dez meses trabalhando nisso e agora estamos começando a ouvir a repercursão.
M. Shadows: Eu acho que o processo de composição é a parte criativa e agora é a parte mais tranquila.
Synyster: Quando todos colaboram e crescem juntos é melhor, é incrível.
Johnny: Sobre tudo, esse disco é uma outra evolução da Avenged Sevenfold.
Zacky: Esse álbum é “escuro”, pesado, mas é divertido, é um retorno ao Heavy Metal clássico.
Johnny: Nós estávamos lá todo santo dia, querendo fazer tudo, cada parte de cada música ser mágico, perfeito, para o que cada música quer dizer.
Zacky: Cada um dos instrumentos é mais importante nesse álbum do que em tudo que já fizemos, na minha opinião, no entanto, deixamos cada um “respirar”.
Johnny: O “esqueleto” da bateria é uma enorme parte, nós precisávamos ter todos esses preenchimentos para ter esse “groove”.
Arin: Eu tenho em mim um novo baterista, me acostumando em ter o meu espaço como músico no mundo dos músicos, nessa nova banda.
M. Shadows: Quando percebemos a evolução dessa banda de disco para disco, até mesmo o estilo de bateria do Jimmy (Rev) mudava em algumas coisas.
Synyster: Uma ideia de um, uma de outro, uma minha, é muito fácil para nós preencher tudo em uma música.
M. Shadows: Mais poder vem de grooves simples, de bons riffs de guitarra e de vocais espaçados, nada mais de vocais soltos por ai, agora é uma única voz.
Synyster: Nós podemos dizer mais com o espaço do que adicionando mais melodia.
M.Shadows: Está criando uma nova atmosfera, e nós fizemos isso um som da Avenged Sevenfold, e é agora que nunca fizemos antes.
Arin: Dá pra ver que há diferentes expectativas da banda.
M. Shadows: Não estamos trazendo modernidade para o metal, nós não queríamos fazer mais um disco esporádico, jogado aos pedaços, nós queríamos uma ideia, para seguir firme nela e conseguimos isso. É o único lugar onde poderíamos ir com esse disco.
Synyster: Nós tivemos uma experiência muito divertida, trazendo esse approach para o estilo das composições da Avenged Sevenfold.
Johnny: Quando estávamos lá, nós percebemos que esse seria o ótimo próximo disco que a Avenged Sevenfold faria.
Arin: Eu quero agradecer aos fãs por continuarem com a banda e por apoiarem a Avenged Sevenfold em cada transição,sabe, boa ou ruim, em todas elas, eles são todos incríveis

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s