Synyster Gates fala sobre Avenged Sevenfold e “Hail To The King” com Montreal Gazette

The Gazette de Montreal (Gazeta de Montreal) executou um artigo antes da aparição do Avenged Sevenfold no Heavy MTL (festival de hard rock) com uma visão de Synyster Gates sobre a entrada dele no Avenged Sevenfold, a evolução da banda desde então e o novo álbum “Hail To The King”. E tudo isso vem junto com Hail to the King, o seu mais recente álbum, no dia 27 de agosto.

A julgar pelo single, a música é expansiva, em camadas. Se a palavra “épico” não tinha sido arruinada por avaliações de Skyrim e solos do Dragonforce, pode-se aplicar aqui. E é totalmente deliberada, de acordo com Gates.

“Nós fizemos um esforço consciente para (dar) ás modalidades mais espaço para permitir espaço para maiores riffs e tambores maiores,” diz ele. Aqueles riffs, diz ele, são a melhor maneira de definir o novo álbum. Não só eles representam uma nova abordagem, mas eles permitiram a banda a experimentar com sons diferentes.

“Nós realmente não temos feito bastante riffs ainda. Eram sempre duelos de guitarra”, Gates explica:” (ouvimos) com um monte de música clássica. Trompas, linhas de baixo, eles podem fazê-lo pensar de forma diferente e ‘fora da caixa’ sobre riffs “.

Fonte: Deathbat News

Tradução: Sofi Silva

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s